DEZEMBRO VERMELHO – Campanha alerta sobre a prevenção a AIDS e outras DST’s

1º de dezembro é dia mundial de luta contra a AIDS. No ano de 2017 aqui no Brasil foi aprovada Lei 13.504, de 7 de novembro, em que ficou instituída a campanha nacional de prevenção ao HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis, denominada Dezembro Vermelho. Nossa entidade apoia essa causa e orienta a todos que se previnam e saibam mais sobre o assunto a fim de alertar seus amigos e familiares.

SAIBA MAIS

O 1º de dezembro como “Dia Mundial de Luta Contra a AIDS” foi uma decisão da Assembleia Mundial de Saúde, realizada em outubro de 1987, com apoio da Organização das Nações Unidas – ONU. A data serve para reforçar a solidariedade, a tolerância, a compaixão e a compreensão com as pessoas infectadas pelo HIV-AIDS. A escolha dessa data seguiu critérios da ONU. No Brasil, a data passou a ser adotada, a partir de 1988, por uma portaria assinada pelo Ministério da Saúde – MS.

HIV é o vírus da imunodeficiência humana. Ao atacar nosso sistema imunológico, atinge as células T CD4+ (linfócitos) alterando seu DNA para que o vírus possa se reproduzir. Após o processo, ele rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção. Com isso, nosso organismo fica mais vulnerável a diversas doenças, desde um simples resfriado a condições mais graves como, por exemplo, tuberculose ou câncer.

Não se pode dizer que quem tem HIV terá AIDS, mas com certeza quem tem AIDS tem HIV. Isso porque há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar qualquer sintoma e sem desenvolver a doença (AIDS). No entanto, essas pessoas podem transmitir o vírus por relações sexuais, compartilhamento de seringas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Por isso, é importante se proteger.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *